Discussão da Dobragem Portuguesa de Digimon Fusion

dfuse1E estreou hoje Digimon Fusion no Biggs, e como se esperava, a dobragem e os episódios são totalmente americanizados.

Vamos resumir o que há de diferente entre as outras temporadas e esta (Dobragem Portuguesa com base na original VS Dobragem Portuguesa “Americanizada”):

  • Banda sonora;
  • Nomes (Lista completa)
  • Ataques (Apesar dos japoneses já terem colocado ataques em INGLÊS, claro que a Saban tinha que alterar de qualquer das formas a.k.a. não faz sentido [e isto fica é ainda mais importante de apontar quando os ataques nem são dobrados]);
  • Abertura (óbvio);
  • Censura (Ex: Pancadas, Murros, Close-ups nas mamas da Lilithmon, Fan service no DigiXros da Nene).
  • Diálogos (Quase todos os diálogos foram distorcidos da versão original [Ex: Razão pela qual o Taiki ajudou a equipa de basquete]).

Para já, não estou a ver mais nada, se quiserem apontar mais qualquer coisa, digam nos comentários. Ah, e ainda não sei qual é o estúdio de dobragem mas posso dizer que são as mesmas vozes do único filme dobrado de Digimon e também do Beyblade (o Jeremy [Zenjirou] tem a voz do Tyson), portanto isso faz com que a dobragem seja do estúdio Nacional Filmes? 112 Studios. De qualquer forma não tenho a certeza, seja como for, qualquer que tenha sido o estúdio de dobragem já deu para ver que não se deram ao trabalho de editar os textos como sempre (desta vez está tudo em inglês) e também não meteram créditos, não fazemos ideia quem tenha feito as vozes mais uma vez. Deem a vossa opinião, obrigado a todos os que seguem o site e não se esqueçam de continuar a ver Digimon Fusion no Biggs de segunda a sexta às 8:30 e 20:00. Abaixo ficam mais algumas imagens.

O BIGGS já corrigiu hoje o aspect ratio da série pois como o canal emite em 4:3 o episódio sem barras pretas fica esticado, e hoje no episódio 2 já as tinha.

dfuse2 dfuse3 dfuse4 dfuse5 dfuse6 dfuse7 dfuse8

Advertisements

41 thoughts on “Discussão da Dobragem Portuguesa de Digimon Fusion

    • Está bem fixe… Mas não sei se o áudio do Biggs terá essa facilidade… Ainda para mais, os episódios portugueses estão ligeiramente encolhidos, parece que pouparam uns 30 segundos em todos os episódios, até pelo pitch da música de abertura consegues ver que não é igual. Não sei o que é que fizeram mas pode tornar ainda mais difícil de sincronizar sequer os episódios com as raws americanas.

  1. Francamente… Tive vários momentos “WTF?”, sobretudo na “salchicha” e no “nome estranho mas serve”. Até fiquei com medo de ver os próximos episódios. -.-‘

    E o pior de tudo é que os americanos não são coerentes com eles próprios: chamaram “Lucemon Chaos Mode” em Frontier, aqui chamam “Lucemon Wild 1st Mode”; chamaram “Lucemon Shadowlord Mode” em Frontier, aqui chamam “Lucemon Wild 2nd Mode”; chamaram “Agumon” em Adventure, 02 e Savers, aqui chamam “Augumon”; chamaram “Patamon” em Adventure, 02 e Frontier, aqui chamam “Pattamon”. E nós, que já não tinhamos nomes fixos, então agora é que não temos mesmo.

    • Já para não falar que, nesta temporada, o nome foi completamente alterado. Na versão original,há várias referências ao “X” de “Xros Wars”. Só que, como os americanos gostam até de mudar o que já está na língua deles, decidiram alterar o nome para Fusion, o que fica ridículo quando aparece nos episódios algumas referências ao tal “X” característico do anime. Tipo, a meio do primeiro episódio, aparece um “X” a branco num fundo azul, mas fica sem ter qualquer sentido porque as personagens não falam de “Digixros”, mas sim “Fusion-não-sei-das-quantas”

      • Isso é verdade… Mas o mais espantoso é que na versão Americana, logo no 2º episódio, no (digixros/)digifuse do X2, o shoutmon diz SHOUTMON XROS TWO e cá, em Portugal, diz Shoutmon VEZES DOIS! (….)

        Voltando ao 1º episódio… Não percebi porque é logo na primeira cena (no sonho do Taiki/Mikey), os Troopmon levavam ARMAS FLUORESCENTES<— Será que (para os Americanos) as armas, na versão japonesa, são demasiado "fortes" para as crianças?? Tiveram mesmo de fazer com que elas não parecessem verdadeiras…
        Já para não falar do dísco rígido do Shoutmon que deu o berro ou das magníficas referências que o Jeremy(/Zenjirou) nos dá sobre os sete círculos de Thor ou de Dor e o velho de caverna parasita, que parecia amigável, mas que nos manda para um poço……..

        E voltando ao 2º episódio… Também cortaram uma parte da "dança" de boas vindas da Lillymon -_-

        • Os americanos fizeram do Zenjirou um gamer. Acho que a descrição americana dele deve andar por aí. E em relação à dança eu já tinha visto quando vi o episódio americano e como é óbvio aqui repetiu-se. Ainda quero ver como é que vão cobrir as mamas da Lilithmon.

          • Isso nas armas dos Troopmons repete-se na arma do Revolmon/Deputymon, que fica azul. Assim como a censura nas mamas da Lilithmon/Laylamon se repete na Bastemon/Beastmon (e que se repetirá na Mervamon/Menrvamon(?)).

            Em relação ao Zenjirou, é impressionante como o personagem se tornou um amigo de Taiki, quando supostamente os dois só se deveriam ter visto uma vez (num combate de Kendo) antes dos acontecimentos da série.

            Sobre o “DigiFuse”, além do que o Swop já disse, é de supor que o DigiXros seja uma evolução diferente de uma fusão normal. O que torna as coisas ainda mais incoerentes.

            Mas bem, nem tudo é mau. Uma das coisas boas é o facto de fazerem “legendas” simples e diretas (o que na versão original muitas das vezes tinha pormenores a mais). Outra é que estão a fazer um esforço para minimizar as alterações nas sequências do DigiXros/DigiFuse. Uma das coisas que sempre me fez impressão na versão original (e que nunca aconteceu em nenhuma das séries anteriores). É possível ver bem isso no episódio 6, no qual são introduzidas as “estatísticas”, que só deveriam o ser lá para o episódio 20, criando desde já um padrão.

  2. Eu não gostei do que ouvi. Acho que a tradução e adaptação deviam ter sido mais trabalhadas. Não percebo porque raios o nome das técnicas têm de estar em inglês! Não seria mais fácil dar o guião em inglês para os actores portugueses lerem!? Este estúdio faz boas dobragens, mas as traduções e adaptações, não prestam!

    Em relação à licença adquirida pelo Biggs, eles poderiam muito bem terem adquirido a licença “japonesa” do Digimon Fusion Battles à TOEI Animation Europe (como no caso italiano, mas não adquiriu a licança à TOEI Animation Europe), mas optaram pela versão americana do Digimon Fusion da Saban.
    Talvez com a licença da Saban, os episódios do Digimon Fusion fiquei disponíveis no ZON Kids Ilimidato…!?

    • Eu acho é que o Biggs não se ralou com o estúdio mas sim em trazer a série, fosse por que estúdio fosse e o 112 Studios adapta e traduz quase tudo, se não tudo, de versões americanas. Ainda assim alguns países como a Itália e outros foram mais inteligentes e seguiram a versão original para dobrar.

        • Filhos duma grandecíssima mãe… OK, eu estava a contar ver isto em espanhol, mas vou ter mesmo de ver legendado porque este mundo está prestes a acabar. Esta foi das piores notícias que recebi na minha vida inteira… e ainda há uns dois dias tinha andado a descobrir se já haviam alguns rumores sobre Xros wars em Espanha. Não encontrei nada, mas agora percebo que talvez tivesse sido melhor não ter encontrado.

  3. Pelos meus cálculos são 8 cobradores.

    Mikey – Carlos Macedo
    Angie – Sandra de Castro
    Jeremy – Tiago Caetano
    Nene – Helena Montez
    Mãe do Mikey – Helena Montez
    Voz que deu o Dispositivo – Paulo Oom
    Voz do Digimon que fez a explicação no fim – Helena Montez

    Por agora só sei estes.

  4. Eu, por acaso, vi o episódio e até nem desgostei das vozes. Tirando, claro, a parte da abertura e do encerramento, e dos nomes, as personagens até têm vozes aceitáveis. Se existissem Blurays deste anime, até arriscaria fazer um projecto (só para ver como ia ficar). É um risco que se toma tendo em conta que existem certas partes censuradas e que a banda sonora não ia coincidir…

    • Eu também não desgostei das vozes, acho que não está mau de todo. E passados estes anos todos não sei porque ainda não sei porque ainda não sairam blurays disto. Ainda estou à espera. Ainda assim, quando eu disponibilizar os episódios vai ser com os TVRips originais da TV Asahi. Não vale a pena estar a ripar isto, ainda para mais versão americanizada.

      • Nem sequer vale a pena usar os audios pt. Eu estive a testar o audio pt para ver se dava para fazer alguma coisa mas não dá. Simplesmesnte as falas não coincidem. Acho que os fps da versão americana são diferentes da versão original porque o som está muito acelerado. Prefiro esperar que avances mais o projecto legendado ou que saia uma eventual versão espanhola (porque percebo perfeitamente o espanhol). Nem vou sequer ver em pt no biggs. Só se estiver a passar lá por acaso. De qualquer forma, também não gostei muito da ideia de transformarem os Digimon em Power Ragers. Ainda assim, sou muito fã da franquia, por isso séria crime não ver uma das temporadas.

        • Pois acho que tens razão, e há muitos cortes nem que sejam só de segundos, existem também transições desnecessárias e cenas que eles cortam e voltam a meter para coincidir com as falar, enfim, aqui está tudo demasiado editado.

          • É o que eu me farto de dizer.
            Na minha opinião, os americanos podem ter o mérito de ter ficção muito boa. Afinal de contas, aquilo é um mundo que move dinheiro de vendas de direitos de transmissão ao estrangeiro e tal…
            Mas quando lhes toca a comprar produções estrangeiras (nomeadamente as japonesas – que, na animação, são de longe muito melhor a vários níveis), eles dão-se ao trabalho de alterar aquilo tudo como se fosse deles.
            Admiro os espanhois, por exemplo, que, apesar de comprarem imensas series estrangeiras (e tendo em conta que, em Espanha, 90% das séries que passas na TV são dobradas (como se fosse o nosso Disney Channel)), fazem um trabalho óptimo de tradução e não editam nada (a não ser alguns créditos), o que é óptimo.
            Existem características que são específicas de um determinado país… Acho que a característica dos americanos é pensarem um pouco que são o centro do mundo e, com isso, acham que podem alterar tudo à maneira deles. E isso não se revela só nesta situação, mas na forma como interagem com os outros países em guerras e cenas idênticas.

        • Desculpa estar a intrometer-me, mas por acaso precisava de te perguntar uma coisa*assumindo que és quem estava a legendar o Hunters^^”*
          Eu vi pelos prints que os eps que usavas n tinham o relogio gigante no ecran, eu andei a procuram, e os unicos que econtrei sem o relogio são os da horrible, mas não tinham seeds XP
          Podes-me dizer onde os arranjaste? ou se possível, enviar-mos?^^
          Obrigado pela atenção, e desculpa lá o incómodo^^

          • Eu também só precisava mesmo do hunters^^
            Achas que podias upálos, ou fazer um torrent? é que eu e a minha equipa de dobragem vamos dobrar o hunters, ate ja temos 2 eps prontos, mas são os da wildbunch, e nos gostavamos de poder usar uma versão com melhor qualidade^^”
            Nós dar-te-iamos os créditos pelos rips, e caso queiras também podemos publicitar o teu site na nossa página de facebook^^”

          • É um bocadinho complicado. O disco externo onde estão os rips tem a entrada USB solta; o cabo não fica preso e passa a vida a cair. Transferir uma série inteira em 1080p de lá é chato porque tenho que ter imenso cuidado para não mexer em lado nenhum senão o cabo cai e o disco desliga-se… e às vezes acontece isso mesmo quando não mexo.

          • Eish que azar XP
            Eu já andei á procura, mas não encontro crunchyroll rips em lado nenhum XP
            E mesmo quando vou ao crunchyroll, diz que diimon xros wars não está disponível devido a questões de licenciamento XP

          • Eu estou a arranjar os rips todos da CR mas vou-me ficar pelos 720p. Por mim podes upar na mesma e como calculo que devas ripar em 1080p melhor.

          • Re: não aparecer nada, é porque não estás nos estados unidos. Tens que arranjar uma vps ou algo do género para ficares com um IP americano (E tens que ter uma conta premium para veres isso a mais do que 360p, mas os primeiros 14 dias são grátis).

Escreve aqui o comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s